Câmara dos EUA aprova corte de emissões de CO2



A Câmara dos EUA aprovou ontem à noite por 219 votos contra 212 contrários uma lei climática que estabelece limites para emissões de gases causadores do efeito estufa e um mercado de créditos de carbono. A aprovação da lei na Câmara foi uma grande vitória para o presidente Barack Obama, que defende as medidas para limitar o aquecimento global e reduzir a dependência americana do petróleo importado. De acordo com a proposta aprovada na Câmara, que ainda precisa passar pelo Senado para se tornar lei, os EUA se comprometem a reduzir em 17% as emissões até 2020 e 83% até 2050, em relação aos níveis de 2005.Fonte:Estadão